VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 15 de janeiro de 2012

UMA CIGANA EM MIM



Dedicada à poetisa Arlette Santos

Há uma cigana em mim
Quando vejo
Uma roda dançante
De pessoas alegres
Cantarolando as músicas
Que embalam a vida

Há uma cigana em mim
Quando uma criança
Sorri intensamente
Vejo o brilho em seus olhos
Da esperança renascendo

Há uma cigana em mim
Na voz de um poeta
Declamando sua poesia
Trocando rimas
Entre um verso e outro

Há uma cigana em mim
Quando escrevo
Nos meus rascunhos
A história de minha vida.

Maria Bonita e Poesia
Postar um comentário