VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 22 de julho de 2012

TÚNEL






Tentamos
Por muitas vezes justificar o
Injustificável,
Buscar uma luz no fim do túnel
Só que não existe o túnel
Muito menos a luz,
Pois o tempo se passou
E a vida não parou
Pra você consertar
Seu coração.
Seguiu... Sempre adiante
Na velocidade da luz,
Que clareia as sombras,
Ilumina a mente,
Pra coisas novas
Acontecerem
Basta que abra seu coração
para a vida.


                                                             Maria Jeremias dos Santos

(Poesia no livro À Deriva pela Editora Beco dos Poetas)
Postar um comentário