VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

NO MEIO DA MULTIDÃO






A rotina era sempre a mesma... Incansável nos dois anos de trabalho, no mesmo lugar, mesmas pessoas, sem expectativa de crescer profissionalmente.

Da janela vê árvores floridas em tempos que não é primavera, porque estamos em pleno Outono, observa pessoas andando pra lá e pra cá, alguns sem destino certo.

Ao longe uma placa chama-lhe a atenção “2001 parking”  é para lá que quer ir muitas  vezes quando a rotina a sufoca em seu trabalho, quando seu peito aperta de saudade das pessoas queridas que deixou na sua cidade natal, quando a angustia brota como se fosse uma raiz profunda em seu coração. Sempre se encantou com coisas simples, a beleza da natureza, o cheiro da relva, o perfume das flores, o vento balançando suavemente as folhas das árvores nesses dias quentes de São Paulo.

Rotina que começava ás 6h da manhã, ônibus lotado com pessoas quase caindo pela janela, enfrenta  o agito da cidade grande, aquela menina cheia de sonhos prossegue sua rotina de mais um dia... De repente para na frente do espelho, arruma seus cabelos, franze a testa e tudo que vê é uma mulher madura com traços marcados pelo tempo, vê um rosto que sorria mais no passado que agora. Mas sabe que a luta continua como os desafios da vida, ela segue seu caminho  no meio da multidão.

Maria Jeremias Santos

Postar um comentário