VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

No final da noite não sobra nem uma "mãozinha pra mim."





Um velho babão e duas meninas...
Certas cenas ainda chocam-me vivendo nessa cidade , não sei se é porque ainda tenho um pouco de pureza de menina do interior ou se porque a saga da cidade grande me afronta. Na padaria do meu bairro, 22 horas...uma cena patética desperta minha atenção um senhor aparentando 60 anos ou mais acompanhado de duas meninas de mais ou menos 16 anos.... ou melhor ele acompanhava as meninas porque vai pagar as contas no final. 
Lá estou eu, a espera do chapeiro fazer meu x-salada para levar para casa - não tem como não ouvir a conversa insolente do velho para as meninas: " tô cansado disso, vocês me ligam pra vir pra cá e só ficam enchendo a pança de comida e no final da noite não sobra nem uma "mãozinha pra mim," As meninas riam, com cara de deboche.
Eu prefiro pensar que falta ali, é uma mãozona na cara daquele senhor de idade, mão do pai das meninas (se é que elas tem um pai) e umas boas palmadas para aquelas meninas, que ali extorquiam o velho sem dó.... na mesa lanches, sucos, doces (mousse) e algum chocolate sobre a mesa.
Ele se afasta por alguns instantes, ameaçando ir embora, uma das meninas corre e diz "pára de ser chato e fica aqui com a gente - ele se afasta  mesmo assim ... A outra diz segura ele, se não vamos ter que lavar os pratos se ele for embora.... "
No final das contas (risos) alguém tem que pagar a conta, adivinha quem....
Finalizando a cena, as meninas atravessam a avenida correndo do velho babão e rindo da cara dele. E ele fica com cara de "paisagem".
A grande pergunta fica:  onde estão os pais dessas meninas, será que sabem que estão fazendo da vida.
Eu sei, perguntas sem respostas.

Maria Jeremias Santos
Postar um comentário