VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 7 de setembro de 2013

BAILARINA








                                             BAILARINA


A multidão retrata
A desilusão de cada um
Olhares inexpressivos
                                                                                Sorriso esquecido pelo tempo
Faz o pensamento bailar
               Como se fosse bailarina
Num palco a rodar
                                                                                             Desperta sonhos de menina
Escondidos no peito
                                   No coração de uma mulher.

Maria Jeremias Santos



Publicado no Livro Meninas Super Poéticas Vol.4 Editora Beco dos Poetas 2013



Postar um comentário