VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 7 de setembro de 2013

LIBERDADE

LIBERDADE

Quero
Escrever poesias
Escrever contos
Falar de amor
Em prosas,  em versos
Dizer frases bonitas
Que vem não sei de onde
Aparece não sei porquê
chega como o vento
na brisa suave  da noite
deixando  letras avulsas
num papel qualquer
 assim como chega sem avisar
se vai como um pássaro livre
em plena liberdade
no instante efêmero da poesia.

Maria Jeremias Santos


Publicado no livro Diamante Bruto- ABRIL/2013

Postar um comentário