VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Martelo Aloprado



Osho é um cabocu suspeito!
Por roubar cavalos
Foi preso em Desterro...
Ta bom! Grita Satanás
Cristo com sangue no olho:
Eu quero é mais!
Buda, Zaratustra & Allah
Foram presos na boate Sarava!
No Pancadão do meu salve:
Tiradentes se liga nos covardes!
Da Capadócia a Palestina
São Jorge vendia Estriquinina!
Abraão, Salomão & Sansão
São go go boys no boate Tentação!
Gideão é seu patrão
Lampião destemido e temido!
Na sola de Maria Bonita
Virava menino...
Nostradamus chamou o rapaz
Lhe dizendo Zé Ramalho
Não me passe para traz!
“Se Anarquia é utopia
O que faz o Punk
Todo dia?!?” Dizia D. Maria
Em Taperoá tomando bicada
Num sushi bar!
Para ir até lá:

“Apenas apanhei na.
Beira Mar um táxi
Para estação lunar!”

Ave Maria! Sarava!
O nome na boca do Sapo
E deixa pra lá!
O alcance de tua compreensão
É o limite de tua razão!
Já dizia Jorjão...
“Din-din-don, o Rap é o som,
Que emana do Opala mar-rom!”
Assim é de mais!
Exclama Barrabás
Filho da Puta! Agiota
Não me deixa em Paz!
Lenine pagando o que
Fez no Passado
Hoje é um caba arretado
Pernambucano bate tambor!
E é de ia iá e io iô...
“Se auto organizando!
Sem pátria nem patrão!
Onde nada é de ninguém!
E tudo é de todos!
Auto gestão!”
A filosofia oriental
Tem um “q” de marcial
Já dizia o filosofo Simonal
No mei de feira me formei
No puteiro fui graduado!
Na Cachaça tenho doutorado
O mundo ta virado
Dois e dois não são mais quatro!
Tapioca, Gerimum e Cuzcuz
Com Manteiga mais dois litros
De brejeira quem traz é Pedu
Peixeira!
“Todo homofóbico é um tolinho
Frustrado que sonha ser currado
Por homens rudes e tarados”
Todo penso é torto
Diz o galã da novela das oito
A Manga Rosa esta no ponto!
Pega uma seda e pronto!
Severo...
Deus te abençoe!
Mais um broder
Do Bairro que se foi!
Reginaldo Rossi
Cabocu brabo
Dava pisa de Urtiga
Em delegado
Em sua homenagem
Com seu nome
Um Ferro foi batizado!
Todo mundo louco!
Alucinado! Grita o padre
Na missa das oito!
Como ainda! Não sei voar

“Apenas apanhei na.
Beira Mar um táxi
Para estação lunar!”

Marcelão é um broder
Das antigas...
Desses que lembramos
Para o resto da vida!
Free era um caba
Suspeito mas André
È um bom sujeito!
Tolstoi esta viciado
Na auto piedade mergulhado!
Ema Goldmam me disse assim:
Filho da Puta! Olha para min!
Ta ligado! Espero ate
As quatro...
Quatro e um
És finado!
Carai lá vem o
Leva e traz
Filha da Puta!
Sempre de quas quas quas
Se ligou foi ele que falou
O bicho escutou
...E na malicia o Broder
Derrubou!
“Prazer é sexo!
O resto é negocio!”
“Bangu um!
Policia zero!!!”
Uma bicada com
Carne de porco...
No Bar do penso
Quem prepara é o torto
Corno não é verbo
Mas se conjuga em qualquer
Pessoa e se for de primeira!?
D´ boa!
Dedico esse luar
Para minha Mãe
Tia & Filhas
Que fiquem sob
A proteção das Senhoras
Das Encruzas!
Porem se o Cavalo
Não agüentar
Chegar

“Apenas apanhei na.
Beira Mar um táxi
Para estação lunar!”

Moro do lado do Viaduto...
O Tiziu estar de luto!
A patativa fez intriga
Entre ele e Dona Formiga
Não é fácil perceber
Quando a covardia toma você!
Meu Broder Gordo é um caba
Descabido, Atrevido,Enxerido...
Meu gato Mimi
Pense num bichim ruim
O bicho é macho!
Mas foi castrado
...E Max o York de mãe
O faz de namorado...
Reis minha casa é assim
Cheia de Mumganga do
Inicio ao fim!
Com o Ragga vou terminar
Esperando os bichos as boy
Bora...bora....
...E para chegar lá...

“Apenas apanhei na.
Beira Mar um táxi
Para estação lunar!”


Zk.
Postar um comentário