VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Poeta cria Cordel inspirado no programa "Quem Lê, Sabe Por Quê"



O poeta Nildo Cordel, morador da comunidade próxima ao CEU São Mateus, escreveu um cordel inspirado no programa "Quem Lê, Sabe Por Quê".

Ele escreveu os versos durante reunião do Programa realizada em agosto na unidade, sob a coordenação de uma das tutoras do programa, Cristiane Rogerio.

Quando o grupo ficou sabendo do lado artístico deste morador e de sua ânsia em promover a leitura e escrita como direito de todos, imediatamente foi convidado para fazer parte do Programa.

Atualmente, o Programa ”Quem lê, sabe por quê” está mapeando e articulando projetos para o desenvolvimento de redes de leitura, com o objetivo de transformar a cidade de São Paulo em uma cidade-leitora.

Veja abaixo o cordel produzido por Nildo Cordel

QUEM LÊ SABE POR QUÊ.

Acorda para a leitura
A leitura faz crescer
Traz cultura, informação
Por isso eu vou dizer
Ela faz revolução
Pois quem lê sabe por quê.

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Sabe por que tem o mundo
Tem a vida, a alegria
Sabe por que tem os sonhos,
Tem a noite, tem o dia
Sabe por que se descobre
Que ainda não sabia.
-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x
Que ainda não sabia
Que é preciso saber,
Que o mundo é de todos
Que é direito nascer,
Que se morre, mas que ainda
Não dá para desmorrer.

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Sabe que Biblioteca
Não é só para estudar
É para lê por lazer
Lê para se informar
É pra quem gosta de Lê
Mas não consegue comprar.

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Quem lê sabe por quê
Dizer sim e dizer não,
Sabe por que a leitura
É mãe da educação...
Que ler é tão importante
Quanto uma refeição.

Maria Jeremias Santos
Postar um comentário