VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

VERSOS



Tenho amor pelos Versos ate pelos meus...
Os seus... Principalmente o do nosso adeus!
Amo os Versos Sinceros escritos nos labirintos da Dor!
Amos os Versos Mudos escritos por sussurros dos Subúrbios!
Amos os Versos de Amor... Pois a Alegria é um lapso da Dor!
Tenho amor pelos versos obscuros pois são reflexo do futuro!
Amo os Versos escritos no escuro sabemos que é daí o nascedouro do Absurdo!
Amo os Versos da Paixão pura Sofreguidão!
Amo os Versos da Saudade imagem da nulidade!
Amo os Versos Dadaístas o Estriquinina da Rima!
Tenho amor pelos Versos de Dor que contam historias de Amor!
Amo os Versos dos Becos escritos pelo Desespero!
Tenho amor pelos Versos do Cárcere rabiscos nas Azas da Liberdade!
Amos os Versos do Sexo seus Fluidos e Objetos!
Tenho amor pelos Versos das Madrugadas entre linhas de historias Bastardas!
Amos os Versos hediondos escritos pela mão do Abandono!


Ler mais:


Postar um comentário