VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

MELANCOLIA

 



É rápido como uma sombra, curto com um sonho
Breve como um relâmpago na noite fria
Que com melancolia revela tanto o céu quanto a terra
E antes que o homem consiga dizer "Veja!"
Os dentes da noite o devoram.
E assim, depressa, tudo o que é luminoso
Desaparece em meio à perplexidade.


William Shakespeare
Postar um comentário