VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Beco dos Poetas dá novo sentido à literatura na periferia de SP

Beco dos Poetas dá novo sentido à literatura na periferia de SP


De descontraídos bate-papos no Orkut à publicação de antologias com autores anônimos de todo o país, o Beco dos Poetas & Escritores saiu das páginas da internet para, hoje, assumir um papel de agente transformador sócio-cultural. O movimento reúne poetas, poetisas e amantes das letras num projeto de incentivo à leitura, divulgação e distribuição de trabalhos literários.  É com esta proposta que o grupo abre inscrições para mais uma edição da campanha “Você Autor!”
Organizado em 2007 por Márcio Marcelo do Nascimento Sena, o coletivo foi além dos limites da rede para alcançar um passo importantíssimo dentro do universo literário: a criação do grupo editorial “Beco dos Poetas & Escritores Ltda” e o lançamento do portal literatura periférica. ”Nosso objetivo é criar em um único espaço uma ferramenta de publicação de novos trabalhos, incentivando o surgimento de autores que dificilmente teriam espaço no grande mercado editorial” explica o fundador.
Nascimento ressalta o caráter transformador da literatura, capaz de oferecer uma nova formação cultural a escritores da periferia de São Paulo. “A Literatura é uma ferramenta educacional que nos ensina a pensar e, como tal, tem a responsabilidade de levar informação, arte e cultura a pessoas menos privilegiadas”.
Do movimento modernista aos saraus da periferia
Se no passado a cena literária de São Paulo teve nos modernistas Oswaldo e Mário de Andrade uns de seus maiores destaques,  hoje a Pauliceia assiste seus filhos dos subúrbios tomarem à frente de uma das correntes artísticas mais importantes da região metropolitana: os saraus da periferia.
Para Nascimento, essas manifestações cada vez mais recorrentes em bares, lajes e espaços culturais proporcionam uma nova realidade aos bairros distantes dos grandes centros. “Trata-se um movimento legítimo feito por amor e, na grande maioria, com pouco ou nenhum dinheiro. E o mais impressionante: é capaz de gerar uma energia tão forte que está mudando a realidade da periferia, já que hoje os jovens chegam às faculdades e não se envergonham de dizer “sou” da periferia, “sou” da favela.
É através dessa plataforma de transformação social que Marcelo propõe o convite à participação do projeto Você Autor: “Convidamos todos os escritores e escritoras a juntar-se à nossa corrente, formando não só um movimento literário, mas principalmente um movimento de idéias. E idéias devem ser socializadas”. As inscrições podem ser realizadas via e-mail ou pelo telefone 5021-2233.
Postar um comentário