VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

DEPOIS DE TUDO...



DEPOIS DE TUDO...

Talvez, por você ter-me seduzido,
revirado do avesso,
sinta tanta aversão á solidão,
e um desejo insanamente intenso, por você!
Talvez, por eu ter lhe aberto mais que os braços,
ter lhe ofertado o meu melhor sorriso,
ter lhe mostrado onde escondia o meu prazer,
sinta-me assim, assim tão perdido,
tão longe de você!
Depois de tudo...
De sentir-me assim tão perdido,
sinta tanta saudade de teus carinhos,
de teus olhos meigos,
de teus acanhados sorrisos,
de tua face ruborizada,
que mesmo na penumbra do quarto,
teimavas em me esconder...
Depois de tudo,
mesmo achando que foi tudo muito lindo,
sinta um medo profundo,
um sentimento de solidão absurdo,
uma quase irresistível, vontade de morrer...
Depois de tudo,
eu ainda amo você!

Edvaldo Rosa
15/08/2010
www.sacpaixao.net
Postar um comentário