VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 24 de março de 2015

Lançamento da Obra "A cor da minha escrita" (Beco dos Poetas)



  
    



Lançamento da Obra "A cor da minha escrita" da autora de MG - Lin Quintino será dia 29/03/2015 no CEU Caminho do Mar- na Biblioteca Maria Clara Machado - Av. Eng, Armando de Arruda Pereira, 5.241. Jabaquara- São Paulo- SP. Estão todos convidados para o evento, as 10 horas.

 Sobre o livro:

O livro A cor da minha escrita são poemas que fiz com a intenção de resgatar e falar um pouco mais sobre minhas raízes e dos meus antepassados, pessoas são valorosas que nos permitiram estar, aqui hoje, prestando-lhes essa simples homenagem. E, também questionar, qual a cor da minha escrita. De um lado, acredito que ela seja resultado de uma mestiçagem do índio, do negro, do cigano, essa minoria são a margem e que tanto tem para enriquecer nossa cultura.

E de outro lado a contribuição do branco que me conferiu o passaporte para o seu mundo, que me legitimou, na cor branca de meus olhos, da pele e dos cabelos, e me abriu as portas da sala de estar e para as letras. Essa é a cor da minha escrita, uma escrita que se orgulha de trazer em si todos os lamentos e todos os medos do mundo.

(Lin Quintino de  BH- Minas Gerais)

 Livro: 218 páginas de oura poesia
Editora: Grupo Editorial Beco dos Poetas e Escritores Ltda. - 2015
Preço: R$35,00

Sobre a autora:

Lindalva Silva Quintino dos Santos, Lin Quintino. Mineira formada em Letras e Psicologia pela Universidade Fumec/MG, pós-graduada em Metodologia do Ensino Superior. Poeta, escritora, lançou em 2014 seu 1º livro de poesias “Entrepalavras”. Escreve para os sites: Recanto dos Poetas, Caderno Literário Pragmatha (mensalmente), Meninas Super Poéticas, Sarau do Beco, entre outros. Participou de Coletâneas nacionais e internacionais. Recebeu certificados de participação no Talentos da Maioridade- Santander, Prêmio Licinho Campos, Poesias Encantadas, III Erotismo com Arte. Indicada ao Prêmio poeta revelação Wilson Caritas (2014), Troféu Carlos Drummond de Andrade (2014), Talentos Poéticos (2015) e ao Prêmio Pedro Aleixo (2015). Recebeu o Troféu Cecília Meireles- Mulheres Notáveis (2014) e medalha de bronze pelo poema Morena Faceira II Arraial Literário à Moda Antiga. Seus dois poemas foram classificados, um recebeu medalha de prata Faz parte das Academias ANLPPB – cadeira 99 e da ALPAS – cadeira 16. Membro correspondente da Academia de Letras y Artes Valparaíso (Chile) e da Academia de Letras de Teófilo Otoni, e da Academia de Arte de Pop Cabo Frio, e da ALAF como poeta destaque de 2014. E, também, da OPB (Ordem dos Poetas do Brasil).


Postar um comentário