VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

O que é a Rosa de Hiroshima

Rosa de Hiroshima é um poema escrito pelo cantor e compositor Vinícius de Moraes, e recebeu esse nome como um protesto sobre as explosões de bombas atômicas na cidade de Hiroshima, no Japão, durante a Segunda Guerra Mundial.
O poema de Vinicíus de Moraes foi adaptado para música, que foi lançada no disco de estréia do grupo musical "Secos e Molhados". A sua composição melódica é da autoria de Gerson Conrad, integrante do referido grupo, cuja formação inicial também incluía João Ricardo e Ney Matogrosso. A música é uma parceria entre Gerson Conrad e Vinícius de Moraes, foi imortalizada pela voz de Ney Matogrosso e lançada durante a Ditadura no Brasil.
Rosa de Hiroshima tornou-se um grande protesto, em forma de música, e aborda as consequências, o desastre que as bombas atômicas fizeram em Hiroshima e Nagasaki, onde em diversas passagens da música fala sobre os sentimentos em relação à guerra. A bomba é comparada com uma rosa, porque quando ela explode, parece com uma rosa depois de desabrochar. Uma rosa normalmente está relacionada com a beleza, no entanto, a rosa de Hiroshima remete para as horríveis consequências deixadas pela bomba atômica.
Rosa de Hiroshima acabou sendo uma das canções mais escutadas nas rádios brasileiras em 1973, e a revista Rolling Stone brasileira a classificou em 69º lugar entre as 100 Maiores Músicas Brasileiras.
                                                Cantor Ney Matogrosso

Maria Jeremias dos Santos
Postar um comentário