VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Realidade de ilusão


Ah, tudo é símbolo e analogia!
 O vento que passa, a noite que esfria,
 São outra coisa que a noite e o vento
 — Sombras de vida e de pensamento.
 Tudo o que vemos é outra coisa. 
 A maré vasta, a maré ansiosa, 
 E o eco da outra maré que está 
 Onde é real o mundo que há. 
 Tudo o que temos é esquecimento.
 A noite fria, o passar do vento,
 São sombras de mãos, cujos gestos são
 A realidade desta ilusão.



(Fernando Pessoa)

Postar um comentário